Acontece

LEADER SITE

Industria

49° aniversário do Ciesp Cubatão 

 

A um ano de seu cinquentenário, o Ciesp Cubatão completou no último mês, mais um clico de atividades e representatividade a favor das indústrias.

 

A regional foi inaugurada em 1971, época em que Cubatão já contava com 23 indústrias de base instaladas no Polo. Desde então, diversas ações e projetos foram capitaneados pela entidade, com destaque para o plano de recuperação ambiental do município, reconhecido pela ONU, e a elaboração do planejamento da Agenda 21 – A Cidade que Queremos. Com sua sede fundada em 1928, na Capital, o Ciesp conta atualmente com 42 regionais no Estado.

 

O Ciesp Cubatão conta com apoio de 44 indústrias associadas dos municípios de Cubatão, Guarujá e Bertioga, dentro de segmentos de base significativos para o setor produtivo: Siderúrgico, Químico, Petroquímico, Fertilizantes, Logístico e de Serviço. Tem como importante papel representar a indústria local em âmbitos institucionais e públicos, nas esferas estadual e nacional.

 

Frente a uma economia em ascensão, a instituição promove a sinergia das indústrias, que atuam em iniciativas e soluções para resultados diferenciados de produção e, consequentemente, no fomento da empregabilidade e comércio locais.

 

Além de contribuir para a retomada do setor industrial, a entidade atua integrada ao poder público, sociedade e demais órgãos para o crescimento do município. Em parceria com as instituições de ensino Senai e Sesi, auxilia no desenvolvimento social por meio da educação e qualificação de jovens das comunidades de Cubatão para o mercado de trabalho, principalmente vocacionados aos segmentos industriais de Cubatão, Guarujá e Bertioga.

 

Este ano, a Diretoria Regional do Ciesp Cubatão terá uma nova composição, formada pelo atual diretor-titular Raul Elias Pinto (Transportadora Meca), pelo 1° vice-diretor Americo Ferreira Neto (Usiminas) e pelo 2° vice-diretor Airton Andrade (Unipar), que assume a ocupação no lugar do ex-diretor José Roberto Heleno de Marquis (Unigel), que permanece como conselheiro. Já a Gerência Regional continua a ser representada por Valmir Ramos Ruiz.

Otimismo

O posicionamento do Ciesp é otimista com a orientação do governo atual, por se tratar de um início de ano de expansão da atividade industrial e aumento da empregabilidade no País, segundo dados apurados pela Fiesp.

 

Em um encontro realizado com o presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, na última segunda-feira (3), o presidente da Fiesp e do Ciesp, Paulo Skaf, reforçou que a agenda do governo coincide com a defendida pelos setores produtivos.

 

 

Skaf reforçou que é a favor da recente Reforma da Previdência e das demais reformas estruturantes a serem adotadas pelo governo e enfatizou que o Brasil está no rumo certo. “Estamos entrando em 2020 com otimismo, esperando 2,5 a 3% de crescimento”, cita.

 

Para o diretor-titular do Ciesp Cubatão, Raul Elias Pinto, este é um momento ideal para o incentivo à produtividade e ação efetiva dos municípios.

 

 

“Trabalharemos com foco em atração de novos empreendimentos para a região, principalmente os de indústrias de transformação, bem como manteremos a busca constante por melhoria nos processo das empresas do Polo, por meio das premissas da Indústria 4.0, com o principal objetivo de otimizar a produção e contribuir para o desenvolvimento socioeconômico local”.

A Birla Carbon recebeu pela quarta vez consecutiva a classificação de Ouro da EcoVadis por Práticas Sustentáveis

 

A Birla Carbon recebeu uma classificação de nível Ouro por práticas sustentáveis, pelo quarto ano consecutivo pela EcoVadis. A Birla Carbon foi reconhecida como praticante avançado da Sustentabilidade. A classificação foi concedida após a EcoVadis ter revisado as normas e práticas de sustentabilidade da Birla Carbon, com base no sétimo relatório de sustentabilidade da Birla Carbon, Evoluindo, de Forma Sustentável, Juntos.

 

Joe Gaynor, Diretor Legal, de Sustentabilidade e de Risco, da Birla Carbon, compartilhou: “Essa é a quarta classificação de Ouro consecutiva da Birla Carbon atribuída pela EcoVadis. O sucesso continuado só demonstra que nossa estratégia, envolvimento e execução para nos tornarmos uma organização sustentável estão no rumo certo.” Acrescentou ainda: “enquanto continuamos a perseguir nossa visão para sermos o fabricante de negro de fumo global mais respeitado, sustentável e dinâmico,onosso Propósito ‘Compartilhar a Força’move nosso envolvimento com nossos clientes e fornecedores e motivacada empregado na Birla Carbon para trabalhar na construção do um negócio de negro de fumo sustentável para o futuro.”

 

Com a classificação de ouro, a Birla Carbon continua ocupando uma posição forte entre as principais companhias no espaço das práticas sustentáveis, na categoria de “indústria de outros produtos minerais não metálicos”.

 

A EcoVadis é uma plataforma colaborativa que providencia classificações de sustentabilidade de fornecedores para cadeias de suprimento globais. Desde a sua fundação, em 2007, a EcoVadis se tornou parceira de organizações de compra para mais de 300 das principais multinacionais em todo o mundo. Combinando Pessoas, Processo e Plataforma, a EcoVadis desenvolveu tecnologia e um método de avaliação de Responsabilidade Social Corporativa que cobre 190 categorias de compras, 150 países e 21 indicadores de responsabilidade social. Mais de 55 mil companhias usam a EcoVadis para reduzir riscos, incrementar a inovação e buscar a transparência e confiança entre parceiros comerciais.

Usiminas doa equipamentos de informática

 

Ação é voltada para iniciativas sociais desenvolvidas nas comunidades onde a empresa atua. As inscrições devem ser feitas no site indicado

 

Entidades sem fins lucrativos, escolas e projetos sociais diversos já podem se inscrever para receber equipamentos de informática que serão doados pela Usiminas. A companhia irá disponibilizar mais de 500 itens entre computadores, notebooks, teclados e caixas de som para iniciativas que beneficiem as comunidades de suas áreas de operação.

 

Os interessados devem acessar o site projetar.usiminas.com e cadastrar a entidade e o seu pedido de doação até o próximo dia 31 de março. Todas as propostas serão avaliadas pela equipe da empresa e serão selecionadas as iniciativas que estivem melhor alinhadas ao compromisso da Usiminas com o desenvolvimento social das localidades onde atua.

 

“A campanha é uma boa oportunidade para que essas instituições possam melhorar suas rotinas de trabalho ou até ampliar suas atividades voltadas para as comunidades”, avalia Ana Gabriela Dias Cardoso, diretora corporativa de Comunicação e Relações Institucionais da Usiminas. Ela destaca que todos os equipamentos a serem doados são usados, passaram por checagem e estão funcionando normalmente, podendo ser aproveitados em diversas atividades administrativas ou educacionais. “É importante ressaltar, ainda, que serão doados os equipamentos, sendo que cada entidade beneficiada deverá providenciar os softwares necessários para suas atividades”, completa a diretora.

 

Confira abaixo as especificações dos equipamentos disponíveis para doação:

Recurso Especificação Técnica
Computador Processador Intel Core 2 Duo / Memória padrão  1GB /HD 80 GB
Notebooks Processador Core 2 Duo / Memória padrão 2 GB a 4 GB /HD 80 a 160 GB
Teclado Conector PS/2 
Caixas de som para computador Compatível com PC´s e Notebooks / cabos USB e estéreo

 
 

Programa de Estágio CMOC abre vagas

 

 As oportunidades são para estudantes de Catalão e Ouvidor (GO) e Cubatão (SP), onde a companhia tem operações. Interessados devem preencher formulário on-line, até o dia 1º de março

 

Estagio 2020 baixa

Abrem nesta sexta (14) as inscrições para o Programa de Estágio CMOC 2020. São 25 vagas para estágio técnico e superior, das quais 17 são para as unidades de Catalão e Ouvidor (GO), e oito para Cubatão (SP). Esta é a 3ª edição do programa, que tem o objetivo de promover a qualificação de jovens por meio da prática profissional.

 

Além da qualificação por meio da atuação prática, o programa prepara os jovens profissionais para a vivência empresarial. O programa é desenvolvido e supervisionado pela área de Recursos Humanos, que promove workshops regulares e estimula o desenvolvimento de projetos pelos estagiários.

 

A jornada de trabalho semanal é de 30 horas sob a tutoria de empregados experientes. Além disso, os estagiários recebem como benefícios: bolsa-auxílio, planos de saúde e odontológico, transporte fretado, refeição no local e vale-Natal.

 

Para participar do processo seletivo é necessário que o candidato esteja regularmente matriculado em uma instituição de ensino reconhecida pelo MEC, pública ou particular, de nível médio, técnico ou superior. As inscrições devem ser feitas pelos links: Goiás (https://forms.gle/wYgASvgXWJvio1y19) e Cubatão (https://forms.gle/DuAVKdCKBesWG54J9).

Usiminas obtém patente do aço extra limpo

 

A Usiminas acaba de conquistar um novo certificado de patente do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI). O projeto, que é a produção de aço laminado extra limpo, foi idealizado por uma equipe técnica da Gerência-Geral de Laminação a Frio da Usina de Cubatão e atende uma exigência do mercado, pois oferece mais qualidade ao produto final. O processo para a obtenção da patente foi iniciado em 2013.

 

Para a produção desse tipo de material, tradicionalmente na Siderurgia, a maioria das instalações utiliza uma linha de limpeza eletrolítica, que gera resíduos e aumenta o custo de produção. No caso da Usiminas, o processo reconhecido como inovador elimina a necessidade de instalação de uma linha especifica, reduzindo o custo da fabricação e diminuindo a quantidade de resíduos gerados, sem alterar a qualidade do produto final.

 

“O invento surgiu a partir das demandas percebidas no mercado por materiais com alto valor agregado, principalmente na linha branca e a indústria automotiva. Esses segmentos também demostram a necessidade de receber materiais com baixo resíduo. Pensando nisso, a Usiminas denominou esse material como ‘Extra Limpo’ e desenvolveu o processo”, detalhou José Dias Blanco, responsável pelo processo.

Ler Jornal

Facebook

Publicidade

Serviços


Praias Estradas